11º EFEITOS MALÉFICOS DO USO DO LEITE

Atualmente o consumo de leite mundial é imenso, a maioria dos povos tirando os asiáticos; tem como base da alimentação os alimentos de origem do leite, chamados assim alimentos Lácteos.
O ser humano é o único animal que consome leite depois da fase de amamentação, todas as outras espécies de mamíferos abandonam o leite no período correto e não utilizam mais. Também somos a única espécie de mamíferos que consome leite de OUTRA espécie, ou seja, vacas, cabras, búfalas. Esses leites são adaptados nutricionalmente à nutrição do bezerro , cabra e búfalo filhotes. Na natureza isso só acontece por intervenção humana, salvo alguns animais domésticos que adotam animais de outras espécies para amamentar, como acontece eventualmente entre cachorros e gatos. Mas, até esse tipo de manifestação têm intervenção humana. Na natureza mesmo, é mais raro acontecer.
As proteínas do leite, principalmente a caseína, exibem considerável potencial alergênico (produz alergias). Depois da fase de amamentação o ser humano e os outros mamíferos vão gradualmente perdendo as enzimas digestivas responsável por digerir a proteína do leite. O que acaba acontecendo é que o leite fica sem ser digerido e na presença do ácido clorídrico do estômago acaba qualhando e formando uma película gordurosa que segue para os intestinos onde se fixa, atrapalhando assim a absorção de nutrientes pelo intestino delgado e dificultando os processos digestivos.
Existe um grande mito que fala sobre o mineral cálcio, onde diz que sem o consumo do leite poderá gerar problemas ósseos como a osteoporose. Isso não é verdade porque comparando alguns dados mundiais o países que mais consome leite no mundo é o EUA e também é o país que apresenta o maior índice de osteoporose.
Na pecuária empregam-se pesticidas, fertilizantes (como hormônios e antibióticos), que provocam inúmeras reações adversas na população, particularmente alergias.
Existem uma séries de doenças relacionadas com o consumo do leite, a mais estudada são as alergias respiratórias (Asma, Rinite). Mais também entra a reterocolite ulcerativa, Doença de Crohn, Sinusite, laringite, Colesterol alto, Dores articulares e musculares, Artrites, Hemorróidas, Algumas doenças de pele, Insônia e agitação, Câncer entre outras.
De todos os minerais o cálcio é o mais abundante do organismo; corresponde a 1 ou 2% do peso corporal, e a cerca de 40% do total de minerais presentes no organismo, 99% do cálcio são encontrados em tecidos rígidos como os ossos e dentes, e o percentual restante acha-se distribuído através do sangue, tecidos e outros fluidos.
Existem muitas outras fontes de ingestão do cálcio, a principal são as folhas verde-escuras como as couves, couve-chinesa, brócolis chinês, repolho, dente-de-leão, mostarda, salsa, algas marinhas, broto de alfafa, melado de cana, castanha-do-pará, gema do ovo, entre muitas outras fontes.
O ideal é eliminar na fase adulta, o consumo dos lácteos, se não conseguir parar totalmente a ingestão pôde ser dado continuidade ao uso dos derivados do leite como o yogurte natural, ricota, queijos brancos, e o colonial, que dentre os lácteos são os que o organismo melhor digere. As mulheres chinesas não se enfermavam de câncer de mama nem os homens desenvolviam tumores na próstata , porque são incapazes de tolerar o leite , e portanto, não o tomam. os chineses são incapazes de compreender a preocupação ocidental por tomar leite de vaca. Eles nunca utilizaram o leite e, menos pra amamentar seus bebês ! E se parar para pensar, não pode ser uma simples casualidade que mais de 70% da população mundial , tem sido incapaz de digerir a lactose. Hoje, o que creio é que a natureza tenta avisar em tempo, que estamos comendo um alimento equivocado.

ESPAÇO TERAPÊUTICO QI HAI
ANA PAULA DE OLIVEIRA ROCHA MACHADO
NATURÓLOGA, FISIOTERAPEUTA, ACUPUNTURISTA
WWW.QIHAITERAPIAS.COM.BR
CONTATO@QIHAITERAPIAS.COM.BR
F(048) 9963-0189

Leave a Reply